Consegue imaginar uma estrada que toque música só porque você passa com seu carro por ela? Pois elas existem!

Você provavelmente está familiarizado com faixas de alerta sonoro nas estradas, aqueles sulcos nas estradas que emitem um barulho alto e desagradável quando um carro os atravessa.

As faixas de alerta laterais e da linha central são colocadas para alertar os motoristas de que estão chegando muito perto da beirada das suas faixas, enquanto que as faixas transversais normalmente atravessam a estrada inteira e são usadas para sinalizar que os motoristas devem desacelerar.

Leia também:

Na maioria dos casos, as faixas de alerta sonoro são tudo, menos aos ouvidos – mas algumas pessoas empreendedoras perceberam que não precisa ser assim. De fato, variar o comprimento e a distância dos sulcos pode permitir que os carros criem melodias na estrada. Isso mesmo, usando técnicas construtivas aliadas ao conhecimento musical podem fazer as faixas produzirem música. E já existem diversas estradas assim.

Aqui estão alguns lugares onde você pode encontrar estradas musicais.

1. DINAMARCA

O conceito de estrada como instrumento foi inventado em 1995, quando dois artistas dinamarqueses criaram o “Asfaltophone”, marcadores de calçadas que estão mais intimamente relacionados aos pontos de Botts do que às faixas de ruído.

Veja em ação logo após a marca de 1:30:

As autoridades de transporte do Novo México esperam que “America the Beautiful” faça com que os carros desacelerem em um trecho da histórica Rota 66 entre Albuquerque e Tijeras. Para ouvir a música na velocidade e tom adequados, os veículos devem obedecer estritamente ao limite de velocidade de 45 mph. Os motoristas não conseguem ouvir a música se estiverem percorrendo alguns quilômetros abaixo ou acima do limite.

3. CALIFÓRNIA

Outra estrada musical nos EUA pode ser encontrada em Lancaster, Califórnia, onde um trecho da “William Tell Overture” toca para motoristas que percorrem 80 km/h. A atração foi originalmente instalada perto de uma área residencial, mas os cidadãos reclamaram tanto que os canais foram pavimentados apenas duas semanas após a instalação. A cidade recebeu centenas de telefonemas de pessoas que perderam a oportunidade de ouvir a música e a prefeitura concordou em reinstalar as faixas em uma área industrial onde não incomodaria os moradores. Não ficou muito bom o som, mas…

4. JAPÃO

O Japão foi o país que mais gostou da ideia de usar os alertas sonoros depois que o engenheiro Shizuo Shinoda, acidentalmente, percorreu uma estrada com um trator e percebeu que os sulcos resultantes emitiam sons interessantes. Atualmente, existem várias estradas musicais no Japão, incluindo esta perto do Monte Fuji.

5. COREIA DO SUL

Quase 70% dos acidentes rodoviários na Coréia do Sul são causados por motoristas distraídos ou cochilando, por isso a Korean Highway Corp. instalou canais musicais em trechos de estrada particularmente perigosos, na tentativa de fazer com que os motoristas prestassem atenção. Aqui está uma das músicas que você reconhecerá como uma versão ligeiramente desafinada de “Mary Had a Little Lamb”.

 

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here